Domingo, 22 Outubro 2017
Fale com a gente! 18 3302-3444 / contato@jornalvozdaterra.com.br

NOTÍCIA

12/04/2017

Mentes abertas e corações sob sete chaves

.


Mentes abertas e corações sob sete chaves

Isabella Nucci

Somos parte do universo e estamos em sintonia com a energia constante que o faz se relacionar conosco. Portanto, o que nos ocorre, em sua maioria, pertence ao que emanamos ou evocamos a partir dos nossos desejos. Estes podem ser controlados ou tomados pela impulsividade. Quero explicar que a neurociência já provou em estudos recentes a vulnerabilidade humana diante desse fato. Assim como as boas energias, existem as más vibrações ou energias negativas. Elas podem ser absorvidas consciente ou inconscientemente pelas pessoas e causar sérios riscos à saúde física e mental. 

“Não se pode proibir que um pássaro sobrevoe a sua cabeça, mas você pode impedi-lo de fazer um ninho”. Esta citação de Calunga Gasparetto, filósofo espiritual, nos desmonta o quebra-cabeça detalhado sobre a felicidade que construímos ao longo dos anos e coloca o homem como centro de suas próprias vontades. É claro que eu devo sonhar. Dar sentido à vida. Mas, além disso, devo mentalizar minha própria evolução em Deus para dar conta do resto. Pois, se o Todo Poderoso criou o planeta, eu consequentemente fui criada para ser insubstituível na existência. 
Fazer nossos papéis com dignidade e talento nato é divindade imprescindível para um ser que deseja evoluir e passar do nível terreno para os conceitos elevados na espiritualidade. Creio que todos entendem que não estou a doutrinar ninguém. Nem tenho religião, somente pensamento valorizado. Portanto e enfim, o universo está, sempre, a conspirar contra ou ao nosso favor. Energias boas e ruins circulam ao nosso redor. Fiquemos atentos. Devemos aprender a sers mentes abertas e corações sob sete chaves. 

Compartilhe: