Quinta, 21 Setembro 2017
Fale com a gente! 18 3302-3444 / contato@jornalvozdaterra.com.br

NOTÍCIA

24/04/2017

Mosquito: qual é o segredo?

.


Mosquito: qual é o segredo?

NELSON CILO

 

Vou confidenciar aos leitores: em sã consciência, eu nunca falaria bem dos meus antigos colegas de adolescência que no futuro passariam a interpretar os personagens do mal. Na infância, tudo é muito perfeito na ingênua ótica das crianças.  Mas tarde, sim, é que a gente conhece os verdadeiros intérpretes da integridade. Iguais ao aniversariante William Homse, agora de 90 velinhas orgulhosamente acesas na longa trajetória de um ilustre sujeito.

Me refiro, é claro, ao incomparável Mosquito de mil aventuras muito legais na sagrada passarela de Assis. Seria redundante lembrar que o melhor presidente da história do Clube Recreativo compõe a galeria dos maiores campeões da minha imaginação.

Ou a luta dos fortes não é rigorosamente comparada ao que acontece nos estádios? Portanto, se a memória não me trai, nunca vi meu fiel amigo desperdiçar as chances de marcar golaços incríveis na grande área. Haja raça na batalha daquele que de repente aparecia no armazém do velho João Cilo, lá na Vila Operária, pertinho do túnel, para oferecer e vender sacas de cereais do tipo arroz, feijão e algo mais que o dignificava como honesto comerciante.

É a imagem que ainda carrego do popularíssimo mocinho dos bares das esquinas ou da periferia. Taí uma figura que não envelhece porque não há preconceitos no comportamento e nos gestos de quem não admite frescuras ao se misturar aos ricos e pobres deste chão. É como se o bálsamo da humildade o renovasse na indecifrável estrada simbolizada nas cenas de um filme intrigante, mas compreensível aos olhos da plateia que o admira. No entanto, Deus escreve certo e não falha ao mantê-lo vivinho na terra dos homens.  Só mais uma coisa, Mosquito: vejas o calendário e tentes imaginar o que significa um século. Não é pouco, não é mesmo? Olhes para os céus e agradeças. Cara, sejas muito feliz...  

 

Compartilhe: