Domingo, 22 Outubro 2017
Fale com a gente! 18 3302-3444 / contato@jornalvozdaterra.com.br

NOTÍCIA

08/08/2017

Basket de Assis disputa 1ª Divisão do Paulista

Basquete


Basket de Assis disputa 1ª Divisão do Paulista

A equipe de Basket de Assis, que tem como técnico Márcio Kanthack, foi classificada para a Divisão Especial do Campeonato Paulista de Basquete de 2017, porém, por falta de recursos, ela deve disputar a 1ª Divisão, ao lado de Araraquara, Santos e Avaré, já confirmados pela Federação.

As despesas com uma equipe de Basquete na Divisão Especial, ou seja na Elite,  são muito altas, além do que a  Prefeitura dispõe no momento e    empresas privadas também têm encontrado dificuldades para patrocinar uma equipe nesta Divisão.

“A Conti tem sido grande parceira, pois patrocina a equipe desde 2013, e é responsável por todos os uniformes e acessórios dos atletas, pela hospedagem na cidade e em viagens, assim como pela alimentação, porém, há outras despesas de alto custo desta Divisão, que a Prefeitura não pode arcar neste momento. Os recursos provenientes de iniciativa privada estão muito difíceis. Na verdade, fomos classificados para a Especial, mas tivemos que declinar da ascensão e voltar a disputar a Primeira Divisão neste ano, mas temos uma equipe engajada que vai dar o melhor de si”, confia Márcio Kanthack.

Manter uma equipe na Elite implica em dispor de altos recursos, como é o caso de Bauru que gasta R$ 300 mil por ano com sua equipe, assim como outras equipes de destaque no cenário estadual.

“A equipe de Assis conta com grandes parcerias, mas que não são suficientes. Por exemplo, além da Conti e do orçamento da Prefeitura, que nunca nos deixou na mão, contamos com o trabalho voluntário do médico Alexandre Jun e do fisioterapeuta Hermando Rossi Filho. Eles dedicam seus serviços gratuitamente. E, também, se não tem a Conti, não temos nem como disputar a Primeira Divisão, pois o atleta tem que morar e comer bem e ainda receber por isso. Bauru, por exemplo, gasta R$ 300 mil por ano”.

A equipe de Assis deve disputar o Paulista deste ano com  7 atletas da cidade, dos quais 3 são efetivos e outros 3 ainda devem ser contratados, mesmo porque de acordo com o técnico, Assis tem uma boa base e muitas conquistas têm sido realizadas nos últimos anos, tais como ter sido 7 vezes campeão dos Jogos Regionais e campeão Paulista em 2016, entre outras conquistas importantes.

 Uma das dificuldades encontradas pela equipe de Basket de Assis em conseguir patrocínio para manter a equipe na Divisão Especial, é devido a demandas judiciais  ocorridas no passado.

“Algumas questões jurídicas são as responsáveis pela falta de patrocínio, mas vamos disputar a Primeira Divisão com os recursos disponíveis que temos da Conti e da Prefeitura. Estamos bem e espero bom resultado”, explica Kanthack, que recebeu neste mês o troféu Magic Paula como melhor técnico de Basquete.

Compartilhe: