Quarta, 22 Novembro 2017
Fale com a gente! 18 3302-3444 / contato@jornalvozdaterra.com.br

NOTÍCIA

13/11/2017

Valmir Dionizio apoia à mudança de comando regional do 32º BPM/I

Legislativo


Valmir Dionizio apoia à mudança de comando regional do 32º BPM/I

Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, dia 06, o presidente da Câmara, o vereador Sargento Valmir Dionizio, debateu a solicitação de transferência do 32º Batalhão da Polícia Militar de Assis, hoje pertencente ao comando regional de Bauru, para a CPI-8 de Presidente Prudente. O parlamentar, inclusive, apresentou uma moção de apoio à iniciativa.

O principal objetivo da mudança, que também atingirá a Polícia Civil e Judiciária, é a diminuição de custos e a melhoria do atendimento à população. A cidade de Presidente Prudente está mais próxima de Assis (120 km), e seu acesso pelas rodovias Raposo Tavares SP – 270 e pela Manilo Gobbi SP – 284 viabilizará a economia de tempo, de recursos humanos, de logística nos deslocamentos rotineiros para reuniões, estágios, distribuição de materiais, atendimentos das Unidades Integradas de Saúde médica e odontológica, treinamentos, palestras, encontros técnicos, inspeções e demais eventos.

Além disso, o atendimento da região de Assis pelo serviço de Rádio Patrulhamento Aéreo (Helicóptero Águia) será mais efetivo, rápido e econômico e, ainda, com o mesmo código de área (DDD 18) facilitará as chamadas de emergência pelo nº 190.

O Tenente Coronel PM, Enzo Bertão, Comandante do 32º Batalhão de Assis, esteve em tribuna para explicar os motivos da transição e responder as dúvidas dos vereadores. Bertão explicou que a transferência não implicará em mudanças no atendimento da polícia militar, pelo contrário, será muito benéfica à população.

“Foram 12 critérios técnicos colocados no estudo para viabilizar essa proposta de mudança, e todos eles nos direciona para uma situação melhor. Na atual crise que o Brasil vive, que o Estado vive, com o objetivo de diminuir gastos e otimizar meios humanos e materiais, nós acreditamos que seria uma ótima solução para o momento em que vivemos”, ressalta o Tenente Coronel.

A proposta foi encaminhada ao Governo do Estado que deliberará por uma decisão

Compartilhe: