Sábado, 25 Maio 2019
Fale com a gente! (18) 3022-2303

NOTÍCIA

23/03/2017

Duelo esquenta o clássico sul-americano

.


Duelo esquenta o clássico sul-americano

Os artilheiros Neymar e Cavani protagonizam um confronto especial às 20h desta quinta-feira no Centenário de Montevidéu

As duas principais estrelas do jogaço desta noite, no Centenário  de Montevidéu, respondem pelas milionárias grifes chamadas Neymar e Cavani. Os dois estão no epicentro do clássico. No último dia 8, o mundo do futebol ficou atônito com a épica classificação do Barcelona sobre o Paris Saint-Germain, na Liga dos Campeões.

Astro dos franceses, Cavani bem que tentou evitar a tragédia, mas Neymar foi mais decisivo e o destaque dos catalães no massacre de 6 a 1 no Camp Nou. Agora, 15 dias depois, a dupla se reencontrará. Desta vez, o confronto [é válido pelas Eliminatórias da Copa-2018. Um tira-teima intrigante, uma vez que Brasil e Uruguai são os líderes do torneio classificatório, além, é claro, do componente rivalidade entre as seleções. 

Principais referências das equipes de Tite e Óscar Tabárez, Neymar e Cavani, respectivamente, atravessam seus melhores momentos na carreira. Pelo Barcelona, o brazuca, apesar de não viver uma fase tão artilheira (14 gols em 35 jogos), vem acumulando com maestria a função de garçom: 19 assistências no ano, liderando o quesito entre as principais competições nacionais da Europa.

 

Já o uruguaio, após a saída de Ibrahimovic nesta temporada, passou a ser o homem-gol do clube parisiense. Agora, sentindo-se mais à vontade ao atuar como um autêntico camisa 9, Cavani já acumula 38 gols em 39 jogos - 27 apenas no Campeonato Francês, o que o deixa na briga pela Chuteira de Ouro. 

HISTÓRICO - Para esquentar os motores do Estádio Centenário, palco do clássico desta quinta-feira, às 20h de Brasília, há números oficiais de todas as vezes em que Neymar e Cavani se enfrentaram. 

Em suma, a estrela do Barcelona bate a do PSG nos dois itens mais relevantes: vitórias e gols. Em oito encontros até aqui, somando seleção e clube, Neymar venceu cinco, enquanto Cavani, dois - o primeiro terminou empatado. 

Em relação à bola na rede, o brazuca também goleia o centroavante da Celeste. Ao todo, Neymar já marcou sete vezes em duelos diante de Cavani. No último, cabe ressaltar, o barcelonista fez dois. O parisiense, por sua vez, fez o de honra. 

Compartilhe: