Sábado, 15 Dezembro 2018
Fale com a gente! (18) 3022-2303

NOTÍCIA

13/06/2018

Fema participa de congresso de química em Foz do Iguaçu

FEMA


Fema participa de congresso de química em Foz do Iguaçu

Um artigo científico de aluno do curso de Química Industrial, da Fundação Educacional do Município de Assis, a Fema, foi apresentado durante o maior congresso químico nacional, a 41ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (RASBQ). O aluno Daniel H. Sena, da quarta série do curso, desenvolveu o artigo, que é fruto de seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), sob orientação do professor Alexandre Mazalli, em parceria com alunos de graduação e pós-graduação do laboratório de Desenvolvimento de Instrumentação e Automação Analítica (DIA) da Universidade Estadual de Londrina (UEL-PR). A Reunião aconteceu nos dias 21 e 24 de maio desse ano, em Foz do Iguaçu (PR).
É o segundo trabalho que leva o nome da Fema para o renomado congresso, sendo o primeiro apresentado pela ex-aluna do curso de Química, Paula Consoli. Durante a RASBQ, químicos se reúnem para discutir sobre as pesquisas submetidas, além de oferecer palestras e atividades com convidados nacionais e internacionais. As reuniões anuais, regionais e temáticas da Sociedade são muito concorridas e seu portfólio de publicações é extenso e diversificado.
O trabalho de Daniel, intitulado ‘Composição fenólica de extratos de resíduos industriais de amora-preta e seriguela por UPLC-PDA’, foi apresentado no congresso pela graduanda em Química pela UEL Caroline T. Lopes. A pesquisa faz parte de um intercâmbio entre as duas instituições, idealizado pelo professor mestre Alexandre Mazalli, com consentimento da orientadora e responsável pelo DIA, a doutora Suzana L. Nixdorf e pela coordenadora do curso de Química da Fema, a professora doutora Mary Leiva de Faria.
Essa parceria trouxe a oportunidade para Daniel em trabalhar com equipamentos de última geração, como o UPLC-PDA da universidade paranaense. “O objetivo principal é o desenvolvimento de produção científica com nossos alunos”, disse o professor, que leciona no curso da Fema e faz parte do laboratório DIA como doutorando. Participaram também do desenvolvimento do trabalho dois doutorandos em Química da UEL, a mestre Mariana B. Almeida e o mestre Tiago B. Madeira.

(Colaborou Assessoria de Imprensa)

Compartilhe: