Sábado, 15 Dezembro 2018
Fale com a gente! (18) 3022-2303

NOTÍCIA

17/07/2018

Família protesta contra morte de criança que passou por três unidades de saúde

Morte


Família protesta contra morte de criança que passou por três unidades de saúde

A família de um menino, de 8 anos, que morava em Maracaí (SP), protesta contra a morte da criança após ter passado por três unidades de saúde. A dona de casa Viviane Santos, mãe de Kauã Francisco, cobra explicações em relação à demora no diagnóstico do filho.

A mulher conta que procurou atendimento duas vezes no hospital de Maracaí assim que o filho começou a reclamar de dores na cabeça.

Como a criança não melhorou, ela levou o filho até o Centro de Saúde da prefeitura. O estado de saúde do menino seguiu complicado e ele foi levado novamente para o hospital de Maracaí.

Seis dias depois da dona de casa ter procurado atendimento médico para o filho pela primeira vez, Kauã foi transferida para o Hospital Regional de Assis. Porém, o quadro clínico piorou e ele acabou morrendo.

Segundo o atestado de óbito, a morte foi causada por parada cardiorrespiratória como consequência de insuficiência renal e infecção generalizada.

De acordo com a família, foram coletadas amostras de sangue de Kauã para investigar a possível morte por dengue hemorrágica. O resultado deve ficar pronto em 15 dias.

Em nota, a Prefeitura de Maracaí afirmou que o garoto foi atendido no Centro de Saúde na última sexta-feira (13) e transferido para Assis no mesmo dia. Questionada sobre o atendimento no Hospital Regional de Assis, a Secretaria Estadual de Saúde não enviou resposta.( Do G1)

Compartilhe: