Terça-feira, 22 Setembro 2020
Fale com a gente! (18) 3022-2303

NOTÍCIA

20/08/2020

Interdição de acesso da SP 294 em Marília é mantida para obras

Estradas


Interdição de acesso da SP 294 em Marília é mantida para obras

A Eixo SP Concessionária de Rodovias dá continuidade à manutenção emergencial no acesso da SP 294 – Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, no km 447+900, Pista Leste (sentido São Paulo), em Marília. Considerado um importante caminho para motoristas que saem da rodovia em direção ao bairro Jardim Parati, o dispositivo ficará interditado até setembro para reparo de erosão da pista.
Neste período, a alternativa ao condutor que faz este itinerário será utilizar o acesso existente no km 447+500, no sentido Avenida Sampaio Vidal. O local estará devidamente sinalizado para que o condutor utilize a entrada seguinte.
Obras emergenciais e de recuperação do pavimento nas 12 rodovias administradas pela Eixo SP e acessos integram o cronograma inicial de operação. “A Concessionária elabora um criterioso mapeamento de pontos de intervenções. Nossas frentes de trabalho atuam diariamente em serviços de fresagem e recomposição, operação tapa buraco e também em procedimentos mais complexos, como é o caso da manutenção da SP 294, no perímetro urbano de Marília”, conclui José Geraldo de Andrade, supervisor de Obras da Eixo SP.

Pontes em manutenção

Pontes e viadutos de rodovias do Centro-Oeste Paulista estão incluídos no cronograma de trabalho de frentes de obras da Eixo SP Concessionária de Rodovias desta semana. Até domingo, 16, os serviços serão executados diariamente, das 7h às 18h.
Interferências no tráfego estão previstas neste dias em trechos da SP 294 – Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, entre os quilômetros 347 e 451, de Bauru a Marília; SP 284 – Prefeito Homero Severo Lins, km 500 ao 532, de João Ramalho a Rancharia; e da SP 425 – Assis Chateaubriand, km 398 ao 450, de Martinópolis a Presidente Prudente.
Todos estes pontos foram vistoriados previamente por técnicos que identificaram a necessidade de reparos em juntas de dilatação das obras de arte. “Trata-se de um procedimento de rotina na manutenção de pontes e viadutos. Além de contribuir com o prolongamento da vida útil, este serviço também confere maior eficiência no sistema de drenagem destas estruturas”, afirma José Geraldo de Andrade, superintendente de Obras da Eixo SP.
Também nestas rodovias, frentes de trabalho de conserva irão atuar na semana em serviços de recuperação de drenagem. A limpeza e manutenção das calhas, encontradas na faixa de domínio ou no canteiro central, estão incluídas no plano inicial de concessão da Eixo SP, que tem o objetivo, conforme alinhado com a ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, de entregar em curto tempo rodovias revitalizadas e mais seguras para o motorista.

Compartilhe: