Quarta-feira, 26 Janeiro 2022
Fale com a gente! (18) 3022-2303

NOTÍCIA

11/11/2016

Massa se despede de Interlagos em prova que pode dar título a Rosberg

Felipe Massa fará sua despedida do GP do Brasil neste final de semana.


Massa se despede de Interlagos em prova que pode dar título a Rosberg

Com aposentadoria anunciada, Felipe Massa (Williams) fará sua despedida do Grande Prêmio do Brasil neste final de semana, no circuito de Interlagos, em São Paulo, em uma prova que terá como principal atração a chance do alemão Nico Rosberg (Mercedes) conquistar o título antecipadamente.

Após 14 anos na principal categoria do automobilismo mundial, o brasileiro decidiu deixar a Fórmula 1 e fará a última prova em casa com o sonho de chegar ao pódio, uma hipótese pouco provável devido ao desempenho da Williams na reta final da temporada.

Aos 35 anos, Massa tem uma relação de amor e frustração com Interlagos. O brasileiro tem duas vitórias no circuito (2006 e 2008), um segundo lugar (2007) e um terceiro (2014), já no comando de uma Williams, mas guarda lembranças não tão boas da prova.

Em 2008, Massa, na época com a Ferrari, cruzou a linha de chegada em São Paulo como campeão do Mundial de Pilotos. Lewis Hamilton, ainda na McLaren, e a única ameaça ao título, ocupava apenas a sexta posição, o que daria a inédita conquista ao brasileiro.

Com pneus adequados para a pista molhada, porém, Hamilton começou a ultrapassar os adversários e ficar perto da posição que garantia os pontos necessários para roubar o troféu de Massa. Na última volta, nas últimas curvas, o britânico ultrapassou o alemão Timo Glock, da Toyota, que não tinha parado para trocar os pneus, assumiu o quinto lugar e ficou com o título.

Para evitar dar uma chance de Hamilton levar a disputa do Mundial de Pilotos deste ano para a última prova, Rosberg precisa apenas de uma vitória no Grande Prêmio do Brasil para se sagrar campeão.

Com 349 pontos, 19 à frente de seu companheiro de equipe e rival na briga pelo título, o britânico Lewis Hamilton, Rosberg será matematicamente campeão se chegar ao lugar mais alto do pódio, independentemente do resultado do adversário.

Outras combinações de resultado também podem dar o troféu inédito ao alemão de forma antecipada, basta que a distância entre os dois pilotos chegue a 25 pontos. Caso seja segundo colocado, por exemplo, Rosberg terá que torcer para Hamilton cruzar a linha de chegada no quarto lugar. Se for terceiro, o britânico terá que ser quinto.

Compartilhe: